Aposentados do INSS podem receber R$1.500 abono extra

Saiba se você tem direito na parcelas do abono extra para Aposentados do INSS

Agora alguns grupos de Aposentados do INSS podem ter direito em 3 parcelas no valor de R$1.500. Assim, eles podem receber um abono extra, que será pago em três parcelas de R$1.500. Isso de acordo com o Projeto de Lei n.° 341 de 2021.

Dessa forma, o projeto quer possibilitar para os Aposentados do INSS um valor amais para que possam pagar suas dívidas e auxiliar durante a crise econômica. Confira mais informações desse projeto e se você poderá receber esse valor.

O que é o abono extra para Aposentados do INSS

Em 2021, durante a crise econômica e somada a pandemia enfrentada pelo país, a Deputada Federal Aline Gurgel, pretendendo ajudar os aposentados, com isso apresentou o Projeto de Lei n.° 341/2021. Dessa forma, o valor deve pago em 3 parcelas no valor de R$ 1.500 cada.

O projeto é muito importante para os Aposentados do INSS, visto que a maioria só recebe um salário de benefício no valor de R$1.212, que é o valor do salário mínimo deste ano. Contudo, o valor não seria suficiente para que eles arcarem com as despesas básicas. Assim, para manter sua qualidade de vida, e grande parte ainda possuem dependentes.

Um exemplo é a compra de medicamentos, que por necessidade, os Aposentados do INSS geralmente necessitam comprar, pois não são oferecidos. Dessa forma, grande parte de sua renda ficará comprometida, o que acaba deixando em uma situação de vulnerabilidade.

Assim, pretendendo ajudar, a Deputada Aline Gurgel, apresentou o projeto pedindo o pagamento de 3 parcelas de R$ 1.500 para eles.

Quando vai ser pago o abono extra?

Para que haja o acerto do abono extra aos aposentados e pensionistas, é indispensável a aprovação do Projeto de Lei n.° 341, de 2021. Por isso, caso aprove, o grupo receberá as três parcelas de R$1.500, que totaliza um valor extra de R$4.500.

No entanto, o pagamento extra aos Aposentados do INSS, ficará restrito aqueles aposentados e pensionistas que foram demitidos por justa causa durante a pandemia do Covid19, de acordo com o texto proposto. Contudo, para requerer o benefício eles precisaram enquadrar nos requisitos dispostos na Lei n.° 7.978 de 1990, que lida com os critérios para liberação do valor do abono salarial e seguro-desemprego pelos cidadãos brasileiros.

Como está a aprovação desse projeto que beneficia os Aposentados do INSS?

A tramitação da proposta do abono extra dos aposentados e pensionistas está ocorrendo na Comissão de Trabalho, Administração e serviço Público e iniciou no dia 21 de junho do 2021. Portanto, está aprovado pela Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa dia 17 do mesmo mês.

Aposentados do INSS podem receber abono extra de R$1.500
Imagem: Créditos/Cmpprev

No entanto, o projeto necessita de uma análise e aprovação também da Comissão de Finanças e Tributação e Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Prescindindo discussão em plenário, pois está tramitando em caráter conclusivo.

Isso poderá ocorrer caso haja mais de 52 assinaturas dos deputados no recurso, para que aconteça a apreciação em plenário. E para finalizar, o projeto de lei teria sido proposto no período de pandemia, assim reduziria os impactos da crise econômica.

Contudo, a aprovação não teve sucesso e acabou deixando os Aposentados do INSS sem a ajuda. No entanto, por estar em tramitação, a possibilidade de sua aprovação ser liberada e eles ser beneficiados com as 3 parcelas de R$ 1.500.

Certamente, você também vai gostar:

> PIS/Pasep paga fortuna para trabalhadores

Não deixe de acompanhar diariamente o Supercuriosidade para não perder nada da economia.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies