Auxílio Emergencial faz pagamentos retroativos: Saiba mais

Saiba como receber os pagamentos retroativos do Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial é um benefício lançado pelo governo federal para ajudar a população brasileira no período de pandemia. Dessa forma, muitas famílias receberam o pagamento mensal do benefício. No decorrer do pagamento do benefício, várias pessoas receberam um valor um pouco maior.

Assim, para receber esse valor um pouco maior do Auxílio Emergencial, essas pessoas eram responsáveis por lares com adolescentes de até 21 anos. Além disso, elas são as únicas fontes de renda desse lar.

Quem pode receber o Auxílio Emergencial?

No período dos pagamentos do benefício, aqueles pais e mães que mantinham seus filhos sem nenhuma ajuda, puderam receber um valor maior. Essa foi uma maneira que o Governo Federal encontrou para ajudar as famílias com rendas mais baixas.

No início, o pagamento era de R$600 reais, e começaram a ser liberados em agosto de 2020. No entanto, para essas famílias os valores do Auxílio Emergencial foram dobrados. Portanto, os pais e mães solteiros teriam o direito no valor dobrado de R$1.200 reais mensais que correspondiam a uma cota dupla do benefício.

Recentemente, os responsáveis pelo benefício do Auxílio Emergencial perceberam que muitas famílias não continuaram recebendo a quantia durante o período. Portanto, foi criado os pagamentos retroativos para disponibilizar uma maior igualdade entre os beneficiários.

Os requisitos

Mas, para isso, necessita-se de alguns requisitos mínimos pelo Governo Federal para que a quantia do benefício fique liberada.

  • Mulher ou homem que sejam chefes de família;
  • É necessário que o requerente tenha se cadastrado no CadÚnico até a data dia 2 de abril de 2020;
  • Assim, para a solicitação é estritamente necessário que o requerente não tenha companheiro/companheira;
  • Auxilio emergencial deverá ter sido solicitado nas plataformas digitais dentro do prazo final até 2 de julho de 2020;
  • Receber a cota simples do Auxílio Emergencial;
  • Ser pai, mãe ou responsável por menores de 18 anos de idade.

Qual será os valores disponíveis

Os chefes de família poderão receber até R$ 3 mil, contudo, isso vai depender da data em que começou a receber os depósitos. Não podemos esquecer que as quantias se referem as 5 primeiras parcelas do benefício. Confira então como ficará os pagamentos:

  • Recebedores de 5 parcelas receberão até R$ 3 mil;
  • Para quem teve o primeiro recebimento em maio/2020 ganhará R$ 2.400;
  • Para quem recebeu em junho, receberá R$ 1.800;
  • Para quem recebeu em julho, receberá R$1.200;
  • Para quem só recebeu em agosto/2020 ganhará R$600.

Como consultar Auxílio Emergencial?

Auxílio Emergencial faz pagamento retroativo
Imagem: Créditos/Canva

Para confirmar as informações do Auxílio Emergencial, será preciso acessar o site da Dataprev e conferir a informação. Portanto, no site você conseguirá confirmar se você já recebeu o valor, ou se é possível retirar o valor disponível. Para ter acesso no site, será necessário preencher alguns campos para liberar o acesso e prosseguir de forma clara e objetiva, confira:

  • Inserir o número do seu CPF;
  • Colocar o seu nome completo, sem abreviações;
  • Colocar nome da sua mãe completo, sem abreviações;
  • Colocar data de nascimento no campo destacado;
  • Identifique-se na página como reCAPTCHA para que seja detectado que você seja humano;
  • Direcione as informações relacionadas a você clicando em enviar.

Portanto, para receber o Auxílio Emergencial, mantenha os dados cadastrais em dia. E para finalizar, a consulta também ficará disponível para ser feita pelo telefone 111 da Caixa Econômica Federal.

Certamente, você também vai gostar:

FGTS: Confira até quando poderá sacar o saque-extraordinário

Não deixe de acompanhar diariamente o Supercuriosidade para não perder nada da economia.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies