INSS vai cancelar benefícios: Saiba mais detalhes

Saiba quem poderá ter benefício suspenso

Ocasionalmente, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) faz uma verificação nos processos de benefícios pagos. Mais conhecida por pente fino, esse ato é uma forma de conferir se os beneficiários cumprem seus requisitos. As análises miram nos benefícios mais populares, com valores maiores gastos pelos cofres públicos.

Essa ação é um tipo de segurança que o INSS faz, para que os pagamentos sejam feitos realmente a quem atende aos critérios. Essa analise foi publicado no Diário Oficial da União do dia 22 de setembro. Portanto, as revisões dos benefícios, feitas pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social, devem começar em breve.

Portanto, as revisões dos segurados contêm, especialmente, a auditoria de aposentadorias e do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Além dos benefícios que são pagos caso haja algum acidente que impossibilita o trabalhador de exercer suas funções laborais, da mesma forma do auxílio por incapacidade temporária.

Mais um benefício do INSS que da mesma forma passará por uma verificação mais precisa, principalmente, em relação às perícias médicas e o auxílio por incapacidade permanente. Embora, seja indispensável o cumprimento regular de perícias que legitimem a permanência da incapacidade.

O INSS pode suspender benefícios

Ao longo do pente fino, as situações dos aposentados e pensionistas do INSS são analisadas conforme os critérios determinados para os benefícios que eles recebem. Se estiver confirmado que o beneficiário não segue corretamente as regras, o benefício pode paralisar.

A princípio, nas modalidades mais visadas, estão as que tem dependência de verificação periódica da incapacidade do trabalhador de exercer suas funções. É preciso que a perícia, para definir a demanda individual de cada pessoa.

Diante disso, os beneficiários do auxílio por incapacidade temporária ou permanente que não fizeram a perícia médica nos seis meses anteriores, podem ser suspensos no decorrer do pente fino. Os trabalhadores que ainda não sabem a data de exata de reabilitação também correm o risco no decorrer dessa revisão.

INSS vai cancelar benefícios
Imagem: Créditos/Canva

Agora, para quem ganha o Benefício de Prestação Continuada do INSS, a revisão acontecerá na procura dos cadastros que não tiveram verificação no intervalo de dois anos. Esse novo pente fino vai durar pelo menos dois anos. O método escolhido para chamar os beneficiários ainda não está confirmado.

Para não correr o risco de ter o benefício interrompido, é preciso que o beneficiário siga os prazos depois que estiver avisado pelo INSS. Imediatamente é necessário marcar a perícia e a documentação necessita seguir algumas determinações julgadas pelo pente fino.

Certamente, você também vai gostar:

Auxílio Brasil: Será no valor de R$710 em outubro

Não deixe de acompanhar diariamente o Supercuriosidade para não perder nada da economia.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies